PT | EN

Apresentação

O Museu de Lanifícios, também designado de MUSLAN, constitui um Centro da Universidade da Beira Interior, organismo com autonomia administrativa e financeira tutelado pelo Ministério da Educação e Ciência.

O Museu de Lanifícios, integrado na Rede Portuguesa de Museus desde 2002, tem por missão a salvaguarda do património associado a uma das mais antigas indústrias humanas, num território que, tendo por matriz a Serra da Estrela e centro histórico a Covilhã, cedo se abriu aos contactos internacionais. Ao visitá-lo pretendemos que, através da singularidade, autenticidade e exemplaridade dos testemunhos nele preservados, fique a conhecer melhor uma das mais antigas indústrias, a de lanifícios, que começou por se afirmar como um puro acto de sobrevivência da espécie humana e foi assumindo, ao longo dos tempos, uma crescente qualidade e expressão artística, que têm acompanhado o desenvolvimento das nossas sociedades até ao presente.

Os fios do passado a tecer o futuro é o lema do Museu de Lanifícios que, de acordo com este princípio, defende uma “conservação activa” do património que tem à sua guarda.